Wednesday 24 May 2017
  • :
  • :

TIMOR LESTE

TIMOR LESTE

 

A República Democrática do Timor Leste é um país do sudeste da Ásia e está localizado no arquipélago da Indonésia. Sua capital é Dili, e a moeda oficial é o dólar americano. No Timor Leste são faladas muitas línguas e dialetos locais, mas entre as oficiais estão o tetume o nosso português!

Timor Leste tem um clima tropical úmido e quente: de novembro a maio as temperaturas passam dos 30 graus Celsius. O país é famoso por suas lindas praias e locais exuberantes para a prática do mergulho.

Para entrar no país, o brasileiro precisa de um visto de turista, válido por 30 dias. Ele pode ser obtido diretamente no aeroporto ou no porto de Dili, mediante pagamento da taxa de 30 dólares americanos. Para chegar no Timor Leste não existem vôos diretos: é preciso fazer várias escalas. É possível pegar vôos da Austrália, Singapura ou Indonésia. Para viajantes que já estão passeando pela Indonésia é possível ir para o Timor Leste de ônibus ou carro.

 

Destino: Timor Leste

Por Maíra de Freitas

Belo, surpreendente e inesquecível. Assim eu descreveria o pequeno país situado no sudeste asiático repleto de dialetos, que possui o Português como língua oficial, onde tive a oportunidade de morar de 2005 a 2006.

Belo porque conta com paisagens maravilhosas, praias com águas transparentes, quase mornas, paisagens nativas quase intocadas. O mar que convida ao prazer seja apenas se deixando ficar nas águas e praias, ou para quem curte, mergulhar, pois é considerado um dos mais exuberantes do mundo, pela diversidade e riqueza dos corais e espécies marítimas encontradas.

image

Belo também por ter um pôr-do-sol que figura entre um dos mais incríveis da face da terra, um sol vermelho gigantesco que se põe devagar beijando o mar no cair da tarde…

Belo ainda porque as estrelas parecem mais próximas por causa das noites escuras, onde a ausência da luz elétrica em vários pontos parece ajudar a ver mais forte o clarão da lua cheia, quando ela nasce por trás das montanhas e ilumina tudo.

E belíssimo porque tem cheiro de mato, de canela, de sândalo e de café…

Surpreendente porque o povo canta a luz de velas nos cantos de todo o país muitas vezes relembrando a tristeza das guerras e ocupações pelas quais passaram, por países como Portugal e Indonésia, e que não se deixou abater, mesmo tendo quase metade da população morta e queimada no massacre de 1999.

image

Surpreendente porque são felizes, mesmo com tantas adversidades, com tantas carências materiais que muitas vezes os obrigam a tirar o sustento da própria terra, mesmo que essa terra seja somente alguns metros de quintal.

Surpreendente porque ainda trazem no rosto o sorriso inocente, principalmente as crianças que ainda são ingênuas e puras.

Surpreendente também porque governados por crenças e costumes ancestrais, pecam e expõem um lado ruim como, por exemplo, o desrespeito às mulheres, à infância e aos animais…

O que não surpreende muito são as classes dominantes, formadas principalmente por herança e colonização, explorarem o povo timorense, que eu espero um dia acordar e reagir… Pensando bem, já está.

image

Surpreendente ainda porque são quase latinos, eu diria, adoram música, amam dançar e jogar futebol. Quantas vezes num lapso de tempo estando lá e vivendo tudo aquilo eu pensava estar na esquina de minha casa. Era só atravessar a rua e chegaria ao meu portão…

Inesquecível porque tem o sabor incrível das comidas típicas, que ao provar uma vez se lembra com saudade a vida toda, como os carneiros ao molho de tamarindos, o arroz cozido nas folhas de bananeira, os peixes saídos das redes dos pescadores direto para as brasas acesas ali mesmo, nas barracas em frente ao mar…

Inesquecível também porque tem gosto, tem cheiro, tem som, tem coração e tem alma aquele país… Tem lagartixa que canta, tem búfalos que atravessam as estradas, galos como bichos de estimação, cabritos, porcos, que podem até ser dote para uma noiva. E tantas cores, mas tantas que o cenário às vezes mais parece saído das telas de um filme de Almodóvar.

image

Inesquecível porque tem seu território no formato de um crocodilo, fazendo com esse bicho seja símbolo do país e fonte para lendas e histórias.

Inesquecível mais ainda porque esse símbolo, o crocodilo, está para sempre tatuado em minha pele. Precisamente na parte interna do tornozelo, me lembrando todos os dias que tudo não foi um sonho…

Inesquecível porque mesmo com tradição de lutas, massacres e guerras, respira um clima de amor, de sensualidade e de aconchego…

Preservam suas tradições, reverenciam seus mortos, vivem em comunidade, enfrentam juntos os desafios…

image

Timor Leste pode ser um lugar para se viver uma vida, um ano, uns meses ou alguns dias. Fato é que quem curte países exóticos, com calor, sol e muita música se encantará com a simplicidade daquele povo que só recentemente está conhecendo a tecnologia, mas com enorme dignidade se esforça para ser dono da própria história e do próprio tempo…

Não poderia escrever sobre Timor Leste de maneira formal. Como uma turista que dá dicas de como se divertir naquele país.

Não. Escrevo como uma apaixonada, que viveu por lá e viu sua vida transformada. Ao ponto da experiência se tornar um livro, cujo título é o mesmo deste artigo, e sela mesmo um destino, que tanto pode ser de ousadia ou de tranquilidade. A opção quem decide é aquele que vai…

image

Eu sei. Foi uma história pessoal. Porém mesmo assim, sigo dizendo que Timor é um lugar pra se conhecer, ou para se visitar, ou para se nascer.

É único, belo, surpreendente e inesquecível!
Maíra de Freitas, dentista e bioeticista, em 2005 foi selecionada para participar de um programa do governo em parceria com o governo de Timor Leste para trabalhar naquele país durante um ano. Deixou para trás a família a carreira para se aventurar do outro lado do mundo.
Publicou um livro contando a experiência no país, chamado Destino: Timor Leste.

image